Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 16 - Setembro 2021

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 16 - Setembro 2021

Associação de Municípios do Baixo Tâmega passa a designar-se Associação de Municípios do Douro e Tâmega

Foi aprovada na última Assembleia Intermunicipal, a mudança de nome da Associação de Municípios do Baixo Tâmega para Associação de Municípios do Douro e Tâmega.
A nova designação identifica de forma mais fiel a abrangência territorial desta associação de municípios, que engloba os concelhos de Amarante, Baião, Celorico de Basto, Marco de Canaveses e Resende, o que corresponde a uma área de 982,22 km2 e a 160 mil habitantes.

Municípios do Baixo Tâmega com candidatura aprovada para recuperar  monumentos românicos | Notícias de Viseu

Esta mudança de designação é acompanhada por uma alteração da identidade visual da organização, que passa a refletir os rios, as serras, as tradições, a natureza, o património e também o vinho – produto endógeno de excelência de todos os municípios que compõem esta associação de municípios.

O Conselho Diretivo da, agora designada, Associação de Municípios do Douro e Tâmega é presidido pelo presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira.

No início do ciclo autárquico 2017/2021, foram definidos vários objetivos estratégicos para esta associação de municípios:

  • Dar massa crítica à Associação de Municípios;
  • Criação de uma rede mais alargada de recursos;
  • Oferecer à Associação de Municípios, um carácter intermunicipal, “interdistrital”, que proporcione mais valias visíveis no planeamento estratégico das suas áreas de intervenção e na elaboração e execução de projetos financiados e não financiados.

Estes objetivos foram alcançados através de várias iniciativas, mas também por via das adesões de Marco de Canaveses (2018) e de Resende (2019).

Esta é uma Associação de Municípios de natureza coletiva de interesse público, tendo sido constituída em 17 de maio de 2000. Ao longo deste período tem desenvolvido diversas atividades para a realização de projetos comuns aos municípios que dela fazem parte, nas áreas de:

  • Promoção do Desenvolvimento económico, social e ambiental;
  • Conceção e execução de projetos de valorização dos recursos;
  • Proteção e promoção do património histórico, cultural e turístico;
  • Desenvolvimento da sociedade do conhecimento.

 

Contactos da Associação:

Associação de Municípios do Douro e Tâmega

Casa da Portela – Rua Dr. Miguel Pinto Martins, 35

4600-090 Amarante
t. +351 255 437 470 / m. +351 937 909 469
geral@baixotamega.pt 

CLÁUDIA MADUREIRA É A CANDIDATA DA COLIGAÇÃO PSD/CDS À ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE BAIÃO  

A apresentação da líder da equipa que vai concorrer ao mais importante órgão de soberania do concelho decorreu recentemente, em Santa Cruz do Douro, perante uma plateia atenta e participativa.  Conhecida do público por Claúdia Madur, pela carreira internacional no fado, é a primeira vez que Cláudia Madureira concorre a um lugar político. 

Claudia Madur.jpg

 

A candidata referiu que “aceitou fazer parte deste projeto "Com Determinação por Baião", acima de tudo, por também ser Gente da nossa Gente e pelo amor que nutre por esta Terra". 

Refere ainda que "acredita na competência, seriedade, transparência e empreendedorismo de todos quantos fazem parte desta coligação".  Pretendendo também "contribuir para um maior envolvimento dos mais jovens na vida cívica e dar voz às Mulheres de Baião", sublinhou a candidata na primeira aparição pública como candidata. 

A candidata à Assembleia Municipal de Baião tem 37 anos, é psicóloga e trabalha há 15 anos na área social em Baião.

A líder do PSD Baião, Ana Raquel Azevedo, referiu que "Cláudia Madureira é orgulhosamente uma mulher de garra, uma mulher que ama a sua terra, sem cores políticas, mas que respondeu ao nosso chamamento quando lhe perguntamos: “queres fazer o melhor pela tua terra?”.

A expetativa do candidato à Câmara Municipal, Paulo Portela, é muito grande, tendo este referido que “a Cláudia simboliza tudo o que temos vindo a defender para a nossa forma de ver e de fazer política:  a transparência, a juventude, a participação cívica e a independência que se pede para alguém que quer liderar Assembleia Municipal que é como todos sabem quem fiscaliza e controla o trabalho do executivo de uma autarquia. Não tendo dúvidas que a eleição da Claúdia Madureira vai devolver a responsabilidade e dignidade à Assembleia Municipal de Baião algo que foi perdido nos últimos 4 anos dado a disciplina partidária imposta pelo Partido Socialista de Baião aos seus presidentes de junta e aos seus deputados eleitos”.

Comemora-se a 30 de junho o Dia Mundial das Redes Sociais.

Importa por isso refletir sobre como podemos potenciar o sucesso e a segurança da comunicação online. resultadosdigitais.com.br/blog/files/2017/11/re...

A data foi criada pelo website Mashable em 2010, como uma forma de reconhecer a revolução digital que fez dos media um ambiente social, celebrando-se anualmente a 30 de junho desde então. Portugal associou-se à data logo em 2010.

O dia é comemorado com a organização de encontros informais de pessoas de todo o mundo por meios tecnológicos ou presencialmente. Alguns eventos são transmitidos online em direto e são abertos a todos, para tornar a data verdadeiramente social.

O destaque dos encontros vai para a partilha de conhecimentos sobre as áreas transversais às redes sociais e sobre as especificidades destas.

Os mais diversos setores de atividade têm vindo a reconhecer a importância das redes sociais, seja para venda de serviços e produtos, para a participação cívica e política e até mesmo para contratação de trabalhadores.

Estado vai comparticipar os testes rápidos à COVID-19 durante o mês de julho. São pagos a 100% até aos dez euros.

A comparticipação começa já a partir do dia 1 de julho e está prevista até ao final do mês, podendo a Portaria ser prorrogada ou revogada posteriormente, sendo que visa diminuir a atual 4.ª vaga dos surtos COVID-19.

Cada utente vai poder realizar até quatro testes por mês.

Os testes rápidos de antigénio (TRAg) à covid-19 poderão ser realizados nas farmácias ou em laboratórios e passam assim a ser comparticipados a 100% pelo Estado, mas desde que se verifiquem algumas condições previstas na Portaria.

Enquanto não estiver operacionalizada a solução tecnológica prevista no artigo 6.º, e para fins de controlo, monitorização e faturação dos TRAg de uso profissional, são considerados os registos realizados pelas entidades no sistema SINAVElab.

Portugal recebe mais de um milhão de testes rápidos - COVID-19

O que é o Teste Rápido de Antigénio?

O Teste Rápido de Antigénio é um teste de proximidade “Point of Care”, que permite detetar as proteínas do coronavírus. São testes com uma menor sensibilidade do que a metodologia de referência (Teste RT-PCR) e permitem identificar rapidamente os indivíduos infetados quando a colheita é realizada nos 5 primeiros dias da doença.

Prós

  • São testes que apresentam resultados num curto prazo de tempo, geralmente utilizados em situações de grande escala.
  • Não necessitam de equipamento laboratorial para serem processados, a tecnologia utilizada é semelhante ao teste de gravidez.
  • Por não precisarem de equipamento específico para o processamento, requerem menos recursos do que os testes de referência (RT-PCR).

Contras

  • A sensibilidade dos testes rápidos é inferior aos testes RT-PCR e a probabilidade de obter resultados falsos negativos é superior.
  • Deste modo, o teste rápido não é tão eficiente para identificar uma infeção proveniente do SARS-CoV-2.
  • Um resultado de negativo tem de ser avaliado junto com a restante informação clínica da pessoa, podendo ser necessária a realização de um teste PCR após a realização de um teste rápido.
  • Assim, o teste PCR, com uma baixa taxa de falsos negativos em relação aos testes rápidos, continua a ser o método de referência no diagnóstico da infecção devido à sua alta especificidade e sensibilidade.

 

Como é Feito?

O Teste é realizado pela colheita de amostras do trato respiratório (exsudado da nasofaringe). São realizados de forma rápida e permitem a obtenção de resultados num período de tempo curto, sendo de leitura visual em equipamento portátil.

 

Portaria n.º 138-B/2021166158054

 Publicação: Diário da República n.º 125/2021, 2º Suplemento, Série I de 2021-06-30
  •  Emissor:Saúde
  •  Tipo de Diploma:Portaria
  •  Número:138-B/2021
  •  Páginas:67-(2) a 67-(4)
  •  ELI:https://data.dre.pt/eli/port/138-B/2021/06/30/p/dre
 Versão pdf: Descarregar 

Odete Souto | No reino das dúvidas.

Odete Souto

Estamos a terminar mais um ano letivo e as interrogações que se me colocam são cada vez maiores. O que estamos a fazer com as nossas crianças e os/as nossos/as jovens? Que crianças e que jovens estamos a criar? Que autonomia e responsabilidade lhes damos? Que “armas” para se construírem como pessoas, livres, conscientes e responsáveis? Que futuro? Que valores?

Estas interrogações povoam a minha mente e avolumam-se a cada dia que passa. E têm vindo a ser espicaçadas, não só pela realidade que vivencio na escola enquanto profissional da educação, como por notícias que vêm a lume e que, mais do que os pormenores recambolescos com que nos querem entreter, nos devem fazer refletir.

Destes episódios, relevo o caso do bebé Noah, que esteve desaparecido durante trinta e seis horas e o dos oito recrutas que foram internados, após cinco dias de instrução. Que questões poderão estar aqui em jogo?

Criamos a sociedade do risco, espalhamos o medo a cada esquina e hiperprotegemos. Isto é, de alguma forma vamos ceifando a vida às nossas crianças e aos nossos jovens. Vamos-lhe tirando autonomia, resiliência e saber. Roubamos-lhe a rua, em nome do risco, mas demos-lhe um sofá e um ecrã, por onde paira a maior das solidões e os perigos espreitam, não só na sua saúde física, por inatividade, mas também na sua saúde mental, por excesso de estímulos e por comportamento adito, para não falar dos predadores que por ali andam e da facilidade com que se copia e cola, sem reflexão nem investimento pessoal.

Quando analisamos o fenómeno de resistência de uma criança que ainda não completou três anos de idade, durante trinta e seis, caminhando longas distâncias, não podemos deixar de pensar que esta sobrevivência não é independente da forma como foi criada, da aprendizagem que foi fazendo através do contacto com a natureza, da margem de liberdade e de risco. E foi criando as resistências que a ajudaram num episódio mau da sua tenra idade. E o final feliz do bebé Noah talvez se deva a isto.

Por outro lado, os oito recrutas, expostos a uma situação extrema, cederam e foi necessário hospitalizá-los. Da mesma forma que, numa saída de campo, um grupo de jovens alunos/as, de doze / treze anos, ao fim de meia hora de caminhada já não e arrastavam… Ou o espetáculo a que assistimos na entrada da escola, em que crianças e jovens são levadas até ao portão, de carro, porque não podem andar a pé. Ou os pais ou as mães que os esperam e lhes carregam as mochilas porque nunca os deixam crescer. Ou nos parques infantis onde só se ouvem os apelos dos adultos que não… porque é perigoso.

E não percebemos porque é que as nossas crianças, os nossos alunos e as nossas alunas não querem nada com a escola e com o saber, escolar ou não. Cada vez se dedicam menos e cada vez fazem menos esforço. E fazemos adaptações e readaptações. E aplicamos medidas de suporte à aprendizagem e papéis e mais papéis, e saem-nos “pérolas” que nos deixam, muitas vezes, estarrecidos/as. E temos sucesso escolar em pauta. Mas a questão que se coloca é que sucesso é este? Que aprendizagens e que desenvolvimento têm? Que conhecimentos?

É fundamental que se faça uma reflexão muito profunda sobre a infância e a educação. É importante que se repense o papel e o tempo da família? É importante que se repense o tempo das crianças e o tempo de brincar.

É urgente que se inverta o paradigma, sob pena de estarmos a comprometer o futuro de uma geração. E não vale a pena andar a procurar culpas.

 

Maria Odete Souto

 

Lourdes Dos Anjos | EU - Lourdes Dos Anjos

Lourdes dos Anjos

 

Nasci mulher 
E como gosto de o ser!
Dei forma à vida por amor 
E fui Mãe,fui Sol, fui Dor
 
 
Escrevi justiça e liberdade no nevoeiro 
Que cobre o azul do meu céu tripeiro 
Corri carreiros dos montes 
Ouvi o cantar das fontes 
Senti calos maduros em mãos infantis 
E aprendi a lutar e a ser feliz. 
Quando se cumprir o meu tempo de crescer 
Quero partir com a serenidade de um sorriso 
Porque sou tudo o que sonhei ser
 E MORRO MULHER!
 
 
 

Baião | Consultas de Saúde Mental para a infância e adolescência já decorrem no Centro de Saúde de Baião

CS_Baião.jpg

 

O novo projeto-piloto na área da saúde mental especialmente vocacionado para a área da infância e da adolescência, no âmbito de uma parceria entre o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) e a Câmara Municipal de Baião, já se encontra a funcionar.         

A Equipa Comunitária de Saúde Mental – Infância e Adolescência é um grupo multidisciplinar constituído por médico, psicólogo, enfermeiros, técnicos de serviço social, terapeuta ocupacional e assistente técnico.

Nesta fase estão a ser efetuadas consultas e sessões terapêuticas, que promovem um acompanhamento mais efetivo, em diferentes contextos, às crianças e jovens de Baião.

Este projeto visa prevenir e tratar as doenças mentais no contexto social onde as pessoas estão inseridas, sempre em articulação com outras estruturas e profissionais da comunidade, nomeadamente a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, as equipas de Psicológicos dos Agrupamentos de Escolas e as Unidades de Saúde Locais.

Este novo paradigma nesta área da saúde, permite que territórios mais periféricos como o nosso concelho tenham acesso a serviços especializados, uma vez que esta equipa de profissionais se desloca todas as segundas-feiras, para realizar consultas, sessões terapêuticas, reuniões de acompanhamento e outras ações, que promovam o acompanhamento de crianças e de jovens nos mais diversos contextos.

 

“Devido à dificuldade em agendar consultas desta especialidade no hospital, esta aproximação às populações reveste-se de uma importância muito grande, ainda mais tratando-se de faixas etárias jovens, onde uma abordagem precoce pode fazer toda a diferença”, referiu José Pinho Silva, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Baião e Vereador dos Assuntos Sociais.

Entre as áreas alvo de atuação prioritária estão:

- Bebés e crianças em idade pré-escolar que não estejam a frequentar a creche ou jardins de infância e que estejam aos cuidados de pais com patologia mental identificada;

- Crianças ou adolescentes que estejam em situação de recusa escolar;

- Grávidas ou mães adolescentes.

 

 

 

 

Baião Canal Jornal está a ser alvo de vigia e de marcação para a censura

O Baião Canal Jornal procedeu à informação sobre o vencimento dos presidentes de Câmara em 3 grupos públicos do facebook, de Baião.
Sabem o que sucedeu uns minutos depois?
Foi logo aplicada a artimanha tecnológica da Censura.
E isto sucede porque alguém estará a manter sob vigia o Baião Canal Jornal e se dá ao trabalho de identificar determinadas publicações e de as marcar como "indesejadas" ( "conteúdo abusivo ou spam"). Até porque isto não sucede com todo o tipo de notícias e/ou informações que são partilhadas.
 
O Baião Canal Jornal é um Órgão de Comunicação Social Local, inscrito na Entidade Reguladora para a Comunicação Social, com o numero 127533.
Baião Canal Jornal Censurado_29_06_2021.jpg
 
A INFORMAÇÃO QUE PARTILHAMOS CORRESPONDE À VERDADE
SABE QUANTO RECEBEM POR MÊS OS PRESIDENTES DE CÂMARA?
SE NÃO SABE, NÓS INFORMAMOS
E se alguém tem dúvidas, pois pode consultar aqui as remunerações: https://www.aedrel.org/municipios/remuneracao-presidentes-cm/ 
ou então escolher aqui o município e confirmar os valores: https://www.jn.pt/infos//autarquicas2017infos/salarios/vencimentos.html 
 

Distrito: Porto

ConcelhosRemuneração
Amarante3 624,41 € + 1 110,97 €
Baião3 261,97 € + 999,88 €
Felgueiras3 624,41 € + 1 110,97 €
Gondomar3 624,41 € + 1 110,97 €
Lousada3 624,41 € + 1 110,97 €
Maia3 624,41 € + 1 110,97 €
Marco de Canaveses3 624,41 € + 1 110,97 €
Matosinhos3 624,41 € + 1 110,97 €
Paços de Ferreira3 624,41€ + 1 110,97 €
Paredes3 624,41 € + 1 110,97 €
Penafiel3 624,41 € + 1 110,97 €
Porto3 986,5 € + 1 222,07 €
Póvoa de Varzim3 624,41 € + 1 110,97 €
Santo Tirso3 624,41 € + 1 110,97 €
Valongo3 624,41 € + 1 110,97 €
Vila do Conde3 624,41 € + 1 110,97 €
Vila Nova de Gaia3 624,41 € + 1 110,97 €
Trofa3 261,97 € + 999,88 €

 

 

Candidatos do PS desistiram depois de conhecerem as remunerações. Mas sabe quanto ganham?

Se não sabe, nós informamos:
Baião: 3.271,75€ + 1.002,88€ = 4.474,63€
Lisboa e Porto:  3.998,81€ + 1225,74€ = 5.224,55€ 

Baião Canal Jornal_vencimento Camaras Municipais_

E se alguém tem dúvidas, pois pode consultar as remunerações nos links que se seguem: 

 O Secretário-Geral Adjunto do PS, José Luís Carneiro, referiu em entrevista dada ao JN/TSF que as remunerações dos presidentes de Câmara são baixos e que, por isso,  "neste processo eleitoral autárquico tiveram candidatos escolhidos, ..., que trabalhavam no público e compatibilizavam também com o privado, que desistiram depois de conhecerem as remunerações que tinham nas respetivas autarquias." e "que há muitos outros cidadãos que podiam estar disponíveis para a vida política se a vida política tivesse também outras condições de reconhecimento do esforço e da exposição pública que é exigida a um responsável político".

 

Cavaco Silva também já tinha referido em 2012 que a sua reforma, de valor superior a 10.000€, ″não vai chegar para pagar as minhas despesas″. E recentemente, veio de novo a público dizer que "é previsível que em breve a idade da reforma terá de passar para os 80 anos".

 

Realmente, face ao sacrifício porque passa a esmagadora maioria das famílias, a continuar assim, uns continuam a levar tudo e a maioria do povo a levar apenas uma esmola e a ter de trabalhar até à cova. 

 

Baião Canal Jornal_vencimento Camaras Municipais.

Baião Canal Jornal_vencimento Juntas de Freguesia

 

 

É hoje!!! "Diálogo familiar" entre desenho e poesia | Arnaldo e Noly Trindade | Com momento musical de Minda e Amigos

exosição.jpg

Biblioteca de Mesão Frio

É já no próximo dia 26 pelas 21:30 a abertura da exposição "Diálogo familiar"!

A abertura contará com um momento musical com a presença de Minda Araújo (ex vocalista Brigada Vitor Jara) e amigos

Contamos com a vossa presença!

Organização Baião canal/Municipio de Mesão Frio

Francisco Fanhais | Utopia | Letra e vídeo

zeca.png

 

Letra e vídeo da canção "Utopia", de José Afonso

 
Descrição: 

Documento com a letra da canção "Utopia", usada nas gravações do álbum "Como se fora seu filho", de José Afonso (1983). José Mário Branco foi responsável pelos arranjos e direcção musical desse álbum.

Cidade
Sem muros nem ameias
Gente igual por dentro
gente igual por fora
Onde a folha da palma
afaga a cantaria
Cidade do homem
Nao do lobo mas irmao
Capital da alegria
Braço que dormes
nos braços do rio
Toma o fruto da terra
E teu a ti o deves
lança o teu
desafio

Homem que olhas nos olhos
que nao negas
o sorriso a palavra forte e justa
Homem para quem
o nada disto custa
Será que existe
lá para os lados do oriente
Este rio este rumo esta gaivota
Que outro fumo deverei seguir
na minha rota?

 

BAIÃO | Sociedade | COVID – 19 – Agendamento da Vacina e Certificado Digital

cm

Os Postos de Atendimento ao Munícipe de Ancede e Santa Marinha do Zêzere e na União de Freguesias de Campelo e Ovil (junta de freguesia) estão preparados para auxiliar os munícipes no auto agendamento para a da vacinação COVID-19 e na emissão do certificado digital.

O Certificado Digital COVID da UE facilita a livre circulação dos cidadãos na UE de uma forma segura durante a pandemia de COVID-19. Deverá consultar as medidas de restrição à circulação impostas pelo país de destino, antes da viagem.

O Certificado Digital COVID da EU:

– Comprova que a pessoa foi vacinada contra a COVID-19;

– Comprova que a pessoa tem resultado negativo em teste;

– Comprova que a pessoa teve COVID-19, mas que já recuperou da doença.

Fonte: Município de Baião

Cantinho do leitor | Ainda sobre o Mosteiro de Ancede.... Enviado por Nuno Gomes

mosteiro

Querer fazer do Mosteiro um local lúdico, quando este pertence ao sagrado nunca foi ideia exclusiva do PSD Baião como ficou vincada por um deputado municipal na última Assembleia Municipal. Já em 2009, o presidente da junta de Ancede na altura do PS na campanha eleitoral da sua recandidatura, queria lá fazer um bar e um parque de merendas. Na altura a concelhia do PCP escreveu um comunicado à população a alertar sobre o assunto

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS
 

Comissão Concelhia de Baião

Ao Povo de Ancede
 
Um bar no convento, nem ao diabo lembra!
 
Mas lembrou–se o Sr. Presidente da Junta que, na apresentação da sua recandidatura no passado dia 20 de junho de 2009 no Mosteiro de Ancede, afirmou sem papas na língua que «Ancede está a crescer cada vez mais, e como tal, temos que estar a altura de trabalhar com mais e mais rigor».
 
E, para lançar este ambicioso objectivo, entre outras promessas, revelou que está em vista um projecto para limpar e reabilitar a ala sul do Convento, criar um bar e ainda um parque de merendas.
 
Pela nossa parte, congratulamo-nos com a subida de Ancede a Vila e, portanto, temos a plena consciência do que esta promoção representa em termos de responsabilidades futuras, nomeadamente no aspecto cultural, mas não só.
 
Nesta conformidade, temos apresentado por várias vezes na Assembleia da República e em articulação com os nossos Deputados, propostas para a reabilitação completa do Convento de Ancede, com a inclusão de um Museu de Arte Sacra e de um Arquivo Documental Concelhio, que muito honrariam a nova Vila de Ancede.
 
Curiosamente e cremos não por mero acaso, essas propostas foram sempre rejeitadas pelo Partido Socialista, acompanhado pela direita parlamentar.
 
Não somos de forma alguma apologistas da promiscuidade do sagrado com o profano, por essa razão e pelo respeito que nos merece o local, contestamos a ideia de o transformar num espaço lúdico, pois para esse efeito não faltam em Ancede locais apropriados. O seu a seu dono, diz o povo e muito bem.
 
Desenvolvimento sim, mas harmonioso, dizemos nós.
 
O nosso País não vai bem, como todos sabemos, mesmo aqueles que, por força das circunstâncias ou por vontade própria, um belo dia se viram apanhados na rede dos interesses mesquinhos, da incultura e do caciquismo.
 
Mas o Povo é soberano e vai acordar para darmos uma volta a isto e encetarmos um novo rumo e uma vida melhor para o País. E Baião bem o merece, dado o seu atraso estrutural.
PCP/Baião, 10/07/2009
 
 

DUAS DE LETRA | Lourdes dos Anjos | MEMÓRIA TRISTE DUMA VÉSPERA DE S.JOÃO.

10847291_997387586956351_6566550614060763002_o.jpg

 

Completam-se hoje , exatamente 53 anos ...como o tempo correu tão ligeiro!
Tinha apenas 18 anos e era mesmo uma menina mimalha, uma cachopa tripeira...
Ao meio dia, a minha avó partia deixando-me sem colo e sem abraços, sem chão seguro e sem alegria para eu escrever sonho e esperança...era VÉSPERA DE S.JOÃO.
Naquele dia fui a rapariga mais pobre do meu mundo.
Nesse mesmo dia,pelas 15h, na escola do Magistério Primário do Porto, fazia o meu exame de estado.
De luto, mas de pé... perante um senhor inspetor vindo de Lisboa que me disse que eu era uma aluna bem "colocada" para ser uma excelente professora mas...estava tão desorientada que mais parecia uma viúva alegre.
AI O GAJO!...O QUÊ!?...Soltaram-se as lágrimas e a raiva mais uma frase assim parecida:"LÁ FORA, O SENHOR NÃO FAZIA POUCO DE MIM"
Falei-lhe grosso, respondi-lhe torto e o meu exame foi cancelado...era o ano de 1968.
O meu pai resolveu tudo com o diretor da escola (dr. Eleutério Correia de Melo) Mas era preciso que eu cumprisse uma ordem e eu não cumpri
RECUSEI-ME A CUMPRIR a exigência do senhor inspetor lisboeta de lhe pedir desculpa do meu atrevido desabafo ...publicamente
A minha nota desceu , aos trambolhões de 16 para 13, esteve em risco o meu futuro de Ser Professora mas nesse dia senti um abraço tão forte do meu pai que percebi que estava cheio de orgulho da sua catraia atrevida e me dava razão sem dizer uma única palavra.
Acho que nem pensei na minha mãe nem nas palavras azedas que ela me poderia dizer.Paciência...A vida ia continuar para o mar ou para a serra ...
Restava-me esperar que as coisas se compusessem e os "doutores do templo" se entendessem...
O meu mau feitio já nessa altura fazia estragos apesar dos meus curtos 18 anos...
Passadas mais de cinco décadas,escrevo esta memória e desabafo mas deixo mais umas "coisitas" por contar.Ficam para outra ocasião.
Hoje, em véspera de S.JOÃO vou levar umas flores á última morada dos meus pais e dos meus avós e mando dois beijos cheios de saudade para o meu avô e para a minha mãe.
Para o meu PAI e para a minha doce AVÓ vai aquele abraço apertadinho igual aos que recebo dos meus netos ...
Um dia destes, sem medos nem sustos, quero ver-vos. Á MINHA ESPERA...num apeadeiro qualquer do outro lado do mundo.
PODE SER?AMO-VOS TANTO...MEUS ANJOS!
MEMÓRIA -lourdes dos anjos
Como quando era menina
Penteia-me, devagarinho, com a tua mão
Para eu adormecer, ensina-me uma oração
Fala-me de gente com feitiço que corria fado
Dos tempos frios e difíceis do teu passado
Dos filhos que carregaste no regaço
Do caminho percorrido passo a passo
Do pão azedo que o diabo amassou
E das lágrimas que o teu rosto enrugado secou
Enquanto falas, espreito para dentro dos teus olhos clarinhos
E, desfaço-te a longa trança de cabelos branquinhos
Dizes então, só para me experimentar,
Que não queres que te volte a abraçar
Porque cheiras a velhice e a bafio !...
E eu beijo-te muito enquanto tu ris e eu rio
Então, chamas-me baixinho, à tua maneira,
Cachopa mimalha, netinha tripeira.
Ai como sabe bem recordar,
A tua voz, o teu sorriso, o teu olhar...
Tão curto foi o meu tempo de criança,
Tão cedo carreguei a pesada herança
Da saudade que a minha avó me deixou...
O meu tempo d'envelhecer chegou veloz
E, nos lábios dos meus netos,
oiço agora a minha própria voz
 
Lourdes dos Anjos
 
 
 
 

Rota do Românico promove recital em Castelo de Paiva

Fernando-Soares-recital.jpg

 

No próximo domingo, 27, pelas 16 horas, o Auditório Municipal de Castelo de Paiva recebe um recital de poesia e música, protagonizado pelo ator Fernando Soares e por alunos da Academia de Música local.

Nos textos, estarão em destaque, entre outros, Nizar Qabbani, Fernando Pessoa, Thiago de Melo, Alice Gomes, Oswaldo Montenegro, Ruy Afonso, José Fanha, o Cancioneiro Duriense e ainda vários autores paivenses. No final, o Sermão de Santo António aos Peixes, do Padre António Vieira.

A entrada é gratuita, condicionada à lotação do espaço, sendo obrigatório o uso de máscara e a observação das regras de distanciamento entre os participantes.

Promovido pela Rota do Românico, este evento enquadra-se no projeto EEC PROVERE Turismo para Todos: Valorização, dinamização e promoção turística da região, sendo cofinanciado pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia.

A Rota do Românico reúne, atualmente, 58 monumentos e dois centros de interpretação, distribuídos por 12 municípios dos vales do Sousa, Douro e Tâmega (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende).

As principais áreas de intervenção da Rota do Românico abrangem a investigação científica, a conservação do património, a dinamização cultural, a educação patrimonial e a promoção turística.

GNR | PREVENÇÃO DE BURLAS

 

153651686_3838932176161862_2813902894750918284_o.j

O Comando Territorial do Porto deixa um alerta para evitar os diversos crimes de burlas:

PREVENÇÃO DE BURLAS:
 
1 - Não confie em ESTRANHOS bem falantes ou cheio de boas intenções, nem forneça qualquer informação, pois hoje em dia ninguém dá nada a ninguém;
 
2 - Não ande com MUITO DINHEIRO e evite o uso de OBJECTOS DE VALOR, de carteiras na mão ou no bolso, de forma visível;
 
3 - Desconfie de ESQUEMAS que lhe ofereçam DINHEIRO FÁCIL;
 
4 - Todos os funcionários da Água, Luz, CTT, Segurança Social e Bancos, estão bem identificados e normalmente são seus conhecidos. VERIFIQUE sempre o NOME e FOTOGRAFIA. Em caso de dúvida não os deixe entrar em casa;
 
5 - Não demonstre estar SÓZINHO, mesmo que não esteja ninguém em casa, chame por um familiar próximo, isso afasta qualquer burlão;
 
6 - Procure cultivar relações de boa vizinhança. O APOIO mútuo ENTRE VIZINHOS de confiança pode ajudar em situações duvidosas;
COMO ATUAM OS LADRÕES:
 
 Apresentam-se como familiares, amigos de familiares, funcionários da SEGURANÇA SOCIAL, dos CTT, BANCÁRIOS e MÉDICOS;
 
DIZEM QUE PRETENDEM AJUDAR AS PESSOAS:
 
1 - A TROCAR O DINHEIRO, porque as notas perderam a validade, vão sair de circulação ou para ver o número das mesmas;
 
2 - Para substituir o cartão MULTIBANCO velho por um novo;
 
3 - Os que se apresentam como familiares pedem dinheiro;
 
4 - Outros pretendem entregar uma ENCOMENDA, destinada a um filho;
 
5 - Por último, o denominado “CONTO DO VIGÁRIO”, procuram uma pessoa a quem pretendem entregar uma elevada quantia de dinheiro, oferecendo uma boa RECOMPENSA a quem os ajudar.
 
GNR, uma força Humana, Próxima e de Confiança
Fonte GNR
 
 
 

O verão entrou hoje hoje com céu muito nublado, aguaceiros e com temperaturas máximas a variar entre os 16 e os 23 graus

press.jpg

Por Lusa

O verão começou hoje com céu muito nublado, aguaceiros e com temperaturas máximas a variar entre os 16 e os 23 graus disse à Lusa a meteorologista Paula Leitão, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O solstício de verão ocorreu às 04:32 de hoje, marcando o início da estação no hemisfério norte, de acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa.

Em declarações à agência Lusa, a meteorologista Paula Leitão disse que para hoje ainda está previsto céu muito nublado e possibilidade de aguaceiros e que as temperaturas vão começar a subir a partir de terça-feira.

"Hoje o céu ainda vai estar muito nublado em todo território com condições para aguaceiros, principalmente nas regiões do litoral norte e centro. A partir da tarde diminui a nebulosidade. Amanhã [terça-feira] ainda vamos ter aguaceiros fracos durante a manhã e durante a tarde há condições para aguaceiros e trovoadas nas regiões do interior norte e centro e Alto Alentejo", disse.

De acordo com a meteorologista do IPMA, hoje as temperaturas vão oscilar entre os 16 graus e os 23 graus Celsius.

"Hoje as temperaturas máximas rondam os 20 graus quase em todo o território. Os locais com temperaturas mais altas serão Santarém e Beja com 23 e Évora e Lisboa com 22", indicou.

Segundo Paula Leitão, a temperatura máxima vai começar a subir a partir de terça-feira e na quarta-feira o céu já vai estar pouco nublado e sem previsão de precipitação.

"Estamos a falar de uma subida gradual. Em três ou quatro dias vai a temperatura vai subir cerca de 10 graus e vamos ter novamente temperaturas acima dos 30 graus no Alentejo e a rondar os 30 nas regiões do centro", disse.

O verão vai prolongar-se por 93,66 dias até ao próximo equinócio, a 22 de setembro de 2021.

 

Pág. 1/3