Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 16 - Setembro 2021

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 16 - Setembro 2021

Francisco Fanhais | Utopia | Letra e vídeo

zeca.png

 

Letra e vídeo da canção "Utopia", de José Afonso

 
Descrição: 

Documento com a letra da canção "Utopia", usada nas gravações do álbum "Como se fora seu filho", de José Afonso (1983). José Mário Branco foi responsável pelos arranjos e direcção musical desse álbum.

Cidade
Sem muros nem ameias
Gente igual por dentro
gente igual por fora
Onde a folha da palma
afaga a cantaria
Cidade do homem
Nao do lobo mas irmao
Capital da alegria
Braço que dormes
nos braços do rio
Toma o fruto da terra
E teu a ti o deves
lança o teu
desafio

Homem que olhas nos olhos
que nao negas
o sorriso a palavra forte e justa
Homem para quem
o nada disto custa
Será que existe
lá para os lados do oriente
Este rio este rumo esta gaivota
Que outro fumo deverei seguir
na minha rota?

 

BAIÃO | Sociedade | COVID – 19 – Agendamento da Vacina e Certificado Digital

cm

Os Postos de Atendimento ao Munícipe de Ancede e Santa Marinha do Zêzere e na União de Freguesias de Campelo e Ovil (junta de freguesia) estão preparados para auxiliar os munícipes no auto agendamento para a da vacinação COVID-19 e na emissão do certificado digital.

O Certificado Digital COVID da UE facilita a livre circulação dos cidadãos na UE de uma forma segura durante a pandemia de COVID-19. Deverá consultar as medidas de restrição à circulação impostas pelo país de destino, antes da viagem.

O Certificado Digital COVID da EU:

– Comprova que a pessoa foi vacinada contra a COVID-19;

– Comprova que a pessoa tem resultado negativo em teste;

– Comprova que a pessoa teve COVID-19, mas que já recuperou da doença.

Fonte: Município de Baião

Cantinho do leitor | Ainda sobre o Mosteiro de Ancede.... Enviado por Nuno Gomes

mosteiro

Querer fazer do Mosteiro um local lúdico, quando este pertence ao sagrado nunca foi ideia exclusiva do PSD Baião como ficou vincada por um deputado municipal na última Assembleia Municipal. Já em 2009, o presidente da junta de Ancede na altura do PS na campanha eleitoral da sua recandidatura, queria lá fazer um bar e um parque de merendas. Na altura a concelhia do PCP escreveu um comunicado à população a alertar sobre o assunto

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS
 

Comissão Concelhia de Baião

Ao Povo de Ancede
 
Um bar no convento, nem ao diabo lembra!
 
Mas lembrou–se o Sr. Presidente da Junta que, na apresentação da sua recandidatura no passado dia 20 de junho de 2009 no Mosteiro de Ancede, afirmou sem papas na língua que «Ancede está a crescer cada vez mais, e como tal, temos que estar a altura de trabalhar com mais e mais rigor».
 
E, para lançar este ambicioso objectivo, entre outras promessas, revelou que está em vista um projecto para limpar e reabilitar a ala sul do Convento, criar um bar e ainda um parque de merendas.
 
Pela nossa parte, congratulamo-nos com a subida de Ancede a Vila e, portanto, temos a plena consciência do que esta promoção representa em termos de responsabilidades futuras, nomeadamente no aspecto cultural, mas não só.
 
Nesta conformidade, temos apresentado por várias vezes na Assembleia da República e em articulação com os nossos Deputados, propostas para a reabilitação completa do Convento de Ancede, com a inclusão de um Museu de Arte Sacra e de um Arquivo Documental Concelhio, que muito honrariam a nova Vila de Ancede.
 
Curiosamente e cremos não por mero acaso, essas propostas foram sempre rejeitadas pelo Partido Socialista, acompanhado pela direita parlamentar.
 
Não somos de forma alguma apologistas da promiscuidade do sagrado com o profano, por essa razão e pelo respeito que nos merece o local, contestamos a ideia de o transformar num espaço lúdico, pois para esse efeito não faltam em Ancede locais apropriados. O seu a seu dono, diz o povo e muito bem.
 
Desenvolvimento sim, mas harmonioso, dizemos nós.
 
O nosso País não vai bem, como todos sabemos, mesmo aqueles que, por força das circunstâncias ou por vontade própria, um belo dia se viram apanhados na rede dos interesses mesquinhos, da incultura e do caciquismo.
 
Mas o Povo é soberano e vai acordar para darmos uma volta a isto e encetarmos um novo rumo e uma vida melhor para o País. E Baião bem o merece, dado o seu atraso estrutural.
PCP/Baião, 10/07/2009