Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 7 - Maio 2021

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 7 - Maio 2021

112º Aniversário de Soeiro Pereira Gomes

soeiropgomes.jpg

 

Joaquim Soeiro Pereira Gomes, escritor, intelectual, resistente anti-facista, revolucionário e dirigente do Partido Comunista Português, nasceu a 14 de Abril de 1909 aqui no concelho de Baião, mais propriamente na freguesia de Gestaçô.

Filho de agricultores, estudou na Escola de Regentes Agrícolas de Coimbra, onde tirou o curso de Regente Agrícola; mais tarde trabalhou como empregado administrativo numa fábrica de cimentos em Alhandra, onde começou a desenvolver um trabalho de dinamização cultural e revolucionária junto da classe operária; apesar de todo esse seu trabalho e intervenção, foi como escritor que Soeiro Pereira Gomes se notabilizou.

Considerado por muitos um dos maiores nomes do neo-realismo em Portugal, colaborou em diversos jornais com artigos que à época eram considerados progressistas e como tal viriam a ser censurados pelo regime fascista, que sempre perseguiu o escritor.

Foi autor de diversas obras literárias, mas tem como sua obra prima "Os Esteiros" publicada em 1941, ilustrada na sua primeira edição por Álvaro Cunhal e dedicada «aos filhos dos homens que nunca foram meninos». É uma obra que conta a história de um grupo de crianças que tiveram de abandonar a escola com tenra idade para trabalharem numa fábrica de tijolos e assim ajudar financeiramente a família.

É considerado um grito de revolta, de denúncia do trabalho infantil, da injustiça e da miséria social que se vivia naquela época, uma obra muito actual e que reflecte o mundo capitalista em que vivemos hoje.

Celebramos os 112 anos do nascimento de um homem inteligente, culto e progressista, muitas vezes esquecido não só a nível nacional, mas também na terra que o viu nascer. Deve-se provavelmente este esquecimento ao facto de ter sido militante e dirigente do Partido Comunista Português, pois tivesse Soeiro Pereira Gomes sido militante de outro partido, hoje teria centenas de homenagens, teria já uma estátua na sua terra natal e andariam alguns políticos locais "á turra e á massa" para decidirem sobre se os seus restos mortais seriam ou não merecedores de honras de Panteão Nacional.

A Comissão Concelhia de Baião do PCP

ÚLTIMAS | Amarante – Detido por violência doméstica

GNR

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Penafiel, no dia 12 de abril, deteve um homem de 58 anos por violência doméstica, no concelho de Amarante.
No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito manteve uma relação com a vítima, sua ex-companheira de 56 anos, durante nove anos, a qual terminou há cerca de um ano. Por não aceitar a separação, e pelo facto de a vítima ter começado um novo relacionamento, o agressor começou a adotar uma postura de perseguição e controlo diário sobre a vida da vítima, passando também a perseguir o atual namorado, injuriando-os e dirigindo-lhes ameaças de morte, reforçadas com recurso a armas de fogo.
Com a escalada deste tipo de episódios e perante a gravidade dos factos, foram realizada duas buscas, uma domiciliária e uma em veículo, tendo sido possível apreender quatro armas de fogo, um bastão e diversas munições.
O suspeito foi detido e presente a primeiro interrogatório ontem, dia 13 de abril, ao Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de contactar com a vítima por qualquer meio ou forma ou por interposta pessoa, e proibição de adquirir armas de fogo.
Fonte GNR

Rota do Românico promove atividades gratuitas no próximo fim de semana

 

Origo-Ensemble.jpg

 

Rota do Românico promove atividades gratuitas no próximo fim de semana

A Rota do Românico vai assinalar o 13.º aniversário da sua apresentação pública e o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios com a realização de diversas atividades gratuitas nos dias 16, 17 e 18 de abril.

Neste período, os Centros de Interpretação do Românico (CIR), em Lousada, e da Escultura Românica (CIER), em Penafiel, têm entrada livre, e o primeiro acolhe a exposição fotográfica "Recordar o passado, analisar o presente e refletir sobre o futuro".

No sábado e no domingo, às 10h30, o programa prevê visitas guiadas ao CIR, de pré-inscrição obrigatória.

No domingo, 18 de abril, Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (DIMS), às 10 horas, a Torre de Vilar é o cenário da oficina “Constrói a tua própria sigla!”, dirigida a alunos do pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básico, e integrada nas atividades do Passaporte da Educação de Lousada.

De tarde, às 15 horas, nas redes sociais da Rota do Românico e da Câmara Municipal de Paredes, é transmitido o concerto “Monumentum”, pelo Origo Ensemble, gravado na Ermida da Nossa Senhora do Vale, em Cête.

O DIMS foi criado pelo Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios (ICOMOS) a 18 de abril de 1982, e aprovado pela UNESCO no ano seguinte, com o objetivo de sensibilizar os cidadãos para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para a necessidade da sua proteção e valorização. Em 2021, o tema proposto para as atividades comemorativas do DIMS é "Passados Complexos: Futuros Diversos".

A Rota do Românico reúne, atualmente, 58 monumentos e dois centros de interpretação, distribuídos por 12 municípios dos vales do Sousa, Douro e Tâmega (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende), no Norte de Portugal.

As principais áreas de intervenção da Rota do Românico abrangem a investigação científica, a conservação do património, a dinamização cultural, a educação patrimonial e a promoção turística.