Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 16 - Setembro 2021

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 16 - Setembro 2021

DUAS DE LETRA | Lourdes dos Anjos

10847291_997387586956351_6566550614060763002_o.jpg

 

Quando a vaidade cega o juízo...

Há alguns meses atrás, foi amplamente noticiado que um casal de idosos ficou sem cinquenta mil euros que tinha em caixas , enterradas num curral porque as mostrou a um casal de "senhores doutores médicos" que lhe bateram à porta para falar de cascas d'alho e água fria fervida...
Pois entendo muito bem que a pouca ou nenhuma confiança em bancos e cadeiras do poder, ande novamente por aí à rédea solta e o dinheiro durma no curral dos animais em paz e sossego.
Na verdade, o tempo que vivemos faz com que cada um de nós, sobretudo os mais velhos,desconfiem até da camisa que vestem Mas... claro que há sempre quem ainda acredite no pai natal e até há quem pense que as cegonhas são aviões especiais com vôos económicos entre Paris e Portugal e ...trazem bebés pendurados na ponta de um preservativo furado.
Mas, por favor...até a santa inocência tem limites...
Passo a contar mais uma "estória da carochinha": muito verdadeira...
Há uns meses atrás, estava na caixa do supermercado Intermarché de Estarreja, pacientemente esperando pela minha vez e ...logo na minha frente "um marido e esponja" bem mais velhos do que eu com meia dúzia de compras numa cesta.
O total a pagar era cerca de 40 euros e o senhor marido, abre a samarra, saca da carteira "im pele da boua" lambe o dedo e puxa por uma nota de 500 euros, muito fresquinha...
A funcionária da caixa pergunta se não tem uma nota mais pequena e a resposta foi pronta..."Não tenho não senhora. PROQUÊ!?"
Então a menina pede desculpa mas tem de chamar uma colega para ir buscar troco porque na gaveta não tem tanto dinheiro.
Aqui a porca torceu o rabo...
O senhor idoso e vaidoso fica espantado...Então uma casa destas não tem 5oo euros na gaveta?
"Ó menina olhe que na minha casa , notas como essa, de quinhentos "aéreos" é coisa que num falta ...cum catano!"
E o senhor idoso e peidoso continuou a sua telenovela perante uma funcionária caladinha e admiradinha mais uma velha do Porto aflitinha por falar...
De repente, vem o troco para o cliente que continuava a botar faladura sobre riquezas e notas de 500 euros.
Vai daí a tal senhora do PORTO que esperava e continuava mortinha por desabafar pousa as compras no tapete que anda e diz para o senhor rico:
" Muito obrigada por nos dar a saber a sua fartura de notinhas em casa.Eu tomei nota e agora posso informar que conheço uma quadrilha que rouba gente rica em conversa e pobre em juízinho e que já tem dificuldade em correr atrás de uma lambreta...
Se for assaltado logo á tardinha, foi alguém que por aqui o ouviu e portanto...prepare-se meu rico senhor."
A menina da caixa abanou a cabeça, a "esponja" do senhor marquês ralhou com ele e o homem coitado..ainda informou que não viviam sós... ele era "um home prebenido" e até tinha em casa duas caçadeiras, uma pistola carregada e uma catana ao pé da lareira...e "dois cães, treinados, de raça cara no jardinhe"
A senhora do Porto riu-se e avisou :"PRONTO MEU AMIGO, EU DIGO AO CHEFE DA QUADRILHA PARA LEVAR A METRALHADORA...FIQUE DESCANSADO"
E pronto fiquei a saber que há por aí muitos Salgadinhos encobertos mortinhos por serem assaltados...e, como diz a cantiga... pela boca morre o peixe, quem te manda amor falar!?
Santa parolice.Maldita gabarolice.Que pariu ...tanta pobreza de juízinho.