Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BAIÃO CANAL - Jornal

BAIÃO CANAL - Jornal

𝟭𝟱º 𝗝𝗢𝗥𝗡𝗔𝗗𝗔 | 𝗔𝗙 𝗣𝗢𝗥𝗧𝗢

323891157_1125211874848696_3629974953900313426_n.j

O primeiro jogo, em 2023, da ADBaião será em Sendim, sábado, 7 de janeiro, pelas 15:00.Será um jogo, seguramente complicado, mas a equipa baionense, num excelente momento de forma, não quererá deixar fugir os 3 pontos e cimentar o primeiro lugar.

Acompanhe e apoie a equipa! A união faz a força. 
 

OBLIQUIDADES (6) | Jaime Milheiro

OBLIQUIDADES (6)                                                                                        JAIME MILHEIRO

  

Jaime Milheiro Eterno aprendiz do que desejava  ser, inúmeras vezes pensei que teria  razão antes do tempo, numa presunção que aparentemente me iluminava.

Já em miúdo perceberia  bem e depressa. Antecipava  situações e problemas  sem nada   resolver, numa atitude  difícil de explicar e de estancar mas  que  me seria  útil   por certo, porque  me diminuiria  o medo  do desconhecido que no subsolo lhe jazia.

A questão do produzido nem se punha…

                                              

                                               (Sentindo-me obviamente

                                               o melhorzinho da minha rua…)

 

até me dar conta que nas agendas de crescimento de toda a gente isso acontece...

e que todas as ruas são estreitas, curtas e sinuosas, mesmo as auto estradas a caminho do oriente.

 

Sem vacina, sem remédio, sem farmácia,   todos os seres humanos nessa mesma argúcia se situam e nessa mesma infantilidade se  enaltecem,   comparando-se com as peças do vizinho que não conhecem nem possuem, mas que desejam conhecer e possuir.

Devemos felicitá-los por isso, ainda que múltiplos  caprichos e contorcionismos possam sobrepor-se...

 

                                               (Vi há dias um senhor com gravata

                                                 na fila da vacina...)

 

e ocasionais veleidades  se  recomendem ou apascentem.

 

Todos seremos únicos e brilhantes até deixar de o ser (a data da saída é que pode variar), salvo em circunstâncias disruptivas ou   ladainhas depressivas…

 

                                               (Os outros serão sempre favorecidos,

                                               só nós é que mereceríamos...

                                               “o meu filho  na escola  não aprende

                                               porque a professora não presta”...)

 

carimbando a natural competitividade da espécie. 

 

Na visão geral das coisas, nos caminhos ascensionais, nos patamares sociológicos, nos horizontes  profissionais,   inúmeras vezes  isso também  me aconteceu.

Como toda a gente senti que a minha estimadíssima intenção  de melhoria pessoa e colectiva irremediavelmente se  confinava nas morosidades programadas, nas resistências à mudança, nas  manobras subterrâneas, nas preguiças sustentadas...

 

                                               (Os ingratos não quereriam nem perceberiam,

                                                o balanço  ficaria para  mais tarde… )      

 

alegremente ofuscando a minha própria ingenuidade.

 

Significa isto que todos os seres humanos se embrulham na ilusão do significativo, mesmo  que não façam coisa nenhuma. E que jamais  se detêm, mesmo   coxeando na bengala do adiamento.

Será impossível bloquear-lhe os seus   sentimentos de percurso e  as suas  aspirações de futuro...

 

                                               (Apesar dos discursos improváveis                                                 

                                               e das circunstâncias irrealizáveis… )

                                                            

assentes na incontornável misteriosidade  interna que os promove.

 

Pela minha parte, tantas vezes  isso me  aconteceu que sem remédio foragi.

Fui pescar camarões na Lapónia e pouco  depois já me encontrava na ilha de Páscoa  a grelhar gambuzinos no pão de ló da madrinha, para mais tarde  desfolhar rabanadas  no Natal da África do Sul, sempre à maneira de quem espera  as sopas de burro cansado na madrugada que há-de vir.

Tudo  isso enquanto retirava catotas   do nariz e as  enrolava nos dedos, até que a minha avó chegasse e porcalhão me chamasse, querendo com isto acentuar que...

 

                                                (Haverá sempre  posturas inacabadas

                                                                trajectos por definir

                                                               indecisões retomadas

                                                               fantasias por assumir…)

 

e que ninguém acaba antes de acabar, mesmo que se obrigue a bisbilhotar ornitorrincos entre os  jacarés das Berlengas.

Jaime Milheiro

 

Região | Paços de Ferreira | Detido em flagrante por tráfico de estupefacientes

323058692_1529723314195307_1463614985507399717_n.j

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Freamunde, no dia 2 de janeiro, deteve em flagrante um homem de 22 anos, por tráfico de estupefacientes, no concelho de Paços de Ferreira.
No decorrer de uma ação de policiamento, os militares da Guarda abordaram uma viatura que se encontrava parada na via pública, tendo os seus ocupantes manifestado um comportamento suspeito. No decorrer da ação, foi efetuada uma revista pessoal de segurança aos indivíduos, encontrando-se um deles na posse de 60 doses de haxixe e 302 euros, o que conduziu à detenção em flagrante do suspeito.
O detido foi constituído arguido e os factos comunicados ao Tribunal Judicial de Paços de Ferreira.
No seguimento da ação foram ainda elaborados dois autos de contraordenação por consumo de estupefacientes e apreendida uma dose de cocaína e uma dose de haxixe, sendo os factos comunicado à Comissão de Dissuasão da Toxicodependência.
 
 
 
 

Região - Penafiel - Prisão preventiva por tentativa de furto qualificado

260354842_4612930542137962_2432359517265375012_n.j

A GNR, através de militares do Comando Territorial do Porto, deteve um homem, por tentativa de furto qualificado, no dia 18 de novembro, no concelho de Penafiel.
No âmbito de uma investigação por diversos crimes de furto em interiores de garagens, no concelho de Penafiel, os militares da Guarda encetaram diversas diligências policiais que culminaram na identificação e localização do suspeito a rondar um prédio habitacional.
No seguimento da vigilância ao suspeito, o mesmo foi detido em flagrante, quando procedia a uma tentativa de mais um ilícito criminal.
No seguimento da ação foi realizada uma busca domiciliária, onde foi possível apreender o seguinte material:
· Seis bicicletas;
· Uma trotinete elétrica;
· Dois capacetes;
· Um LCD;
· Um par de luvas;
· Uma rebarbadora;
· Uma motosserra elétrica.
O detido, tendo já cumprido pena de prisão efetiva por crimes da mesma natureza, foi presente a primeiro interrogatório no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, no dia 20 de novembro, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Sociedade | Região

321432451_1186556665329450_2012110209304448212_n.j

No âmbito de um protocolo celebrado entre a GNR e o Pingo Doce, o Comando Territorial do Porto, através das Secções de Policiamento Comunitário e Prevenção Criminal (SPC) de Amarante, Felgueiras, Matosinhos, Penafiel, Santo Tirso e Vila Nova de Gaia, efetuaram uma distribuição de 200 cabazes de Natal a idosos sinalizados do distrito do Porto.
A nível nacional, a GNR já efetuou a entrega de cerca de 2.000 cabazes natalícios, distribuindo, de igual forma, sorrisos, alegria e felicidade a todos aqueles que os receberam.
Com esta ação, a GNR e o Pingo Doce, proporcionaram a estas pessoas mais isoladas, um final de ano com mais brilho e segurança.

NOTA DE IMPRENSA | PCP Baião | Centro de Saúde

322121275_538201588235127_7548498405114766754_n.jp

Continua a vergonha na saúde em Baião. Em pleno pico da gripe não há médico no Serviço de Atendimento Permanente(SAP) do Centro de Saúde de Baião desde a passada sexta feira.
E diziam eles que este era o governo mais á esquerda de sempre. Um governo de esquerda põem os interesses do seu povo á frente, nomeadamente no que toca á saúde
 

Desporto distrital | A.F Porto | Resultados e classificação

20221231_145658.jpg

A AD Baião terminou o ano da melhor forma, ao bater perante o seu publico,  que  compareceu em massa, o Piense por 4-0

Os Golos foram apontados:

Henrique, 23´

Rui, 54´

Cavani, 72´e 76´

Por sua vez a AD de Ancede deslocou-se a Tuías e saíu derrotado por 2-0

Classificação:

class.png

Nacional | Lei do tabaco 2023

tab

As salas para fumadores nos restaurantes, bares e discotecas têm regras mais apertadas. Com os objetivos de prevenir o tabagismo e de proteger os não-fumadores da exposição ao fumo ambiental do tabaco, os proprietários de estabelecimentos de restauração e bebidas que queiram ter uma sala para fumadores no seu espaço tinham até ao final do ano para se adaptarem à nova legislação. Entre outros requisitos está a exigência de a área do estabelecimento destinada a clientes ser superior a cem metros quadrados ou o pé-direito medir mais de três metros.

Espaços para fumadores com novas regras

Passam a ser os responsáveis pelos estabelecimentos a decidir qual a área destinada aos fumadores. Contudo, se o próprio espaço não tiver cem metros quadrados de área mínima destinada aos clientes ou um pé-direito de três metros, as salas para fumadores deixam de ser possíveis.

Mas há mais: quer a lotação definida quer os sistemas de ventilação instalados têm de ser validados por um engenheiro ou engenheiro técnico inscrito na respetiva Ordem Profissional e detentor de especialização em Engenharia de Climatização.

À porta da sala é necessário que haja uma clara indicação da respetiva lotação máxima pretendida e deverá ser exibido o seguinte aviso: “Local exclusivamente destinado ao ato de fumar ou vapear. Proibida a entrada a menores de 18 anos. A qualidade do ar no interior desta sala pode prejudicar a saúde dos seus utilizadores.”

Não é permitida a partilha de espaços para fumadores e não-fumadores: a ligação entre as salas onde é permitido fumar e os restantes espaços localizados no mesmo edifício tem de ser feita através de uma antecâmara com, no mínimo, quatro metros quadrados, devidamente ventilada e com portas automáticas à entrada e à saída. Para evitar a contaminação dos espaços, ditam as novas regras que a porta de entrada da sala onde o consumo de tabaco é permitido e a porta de saída não podem estar abertas em simultâneo.

Legislação sobre as salas de fumo atrasada pela pandemia

O ano de 2007 marcou a publicação da chamada lei do tabaco, que veio regular a rotulagem dos produtos de tabaco e impedir a publicidade a este tipo de produtos. Desde 2015 que, em teoria, é proibido fumar nos espaços públicos fechados, salvo se fossem cumpridos determinados requisitos que faltava especificar. Depois de dois anos em que a pandemia dominou as atenções, preocupado que estava o Governo com a propagação do SARS-CoV-2 e o impacto da covid-19 na restauração, o Executivo veio ditar novas regras sobre as salas de fumadores nos estabelecimentos.

Preço do tabaco deverá subir em 2023

O Orçamento do Estado para 2023 prevê uma subida dos impostos especiais sobre o consumo acima dos 4%, sendo que o tabaco é um dos produtos visados. Além da subida do preço por causa da inflação, deverá verificar-se um acréscimo no preço final por via do aumento da tributação.

Estas alterações abrangem também os elementos específicos para o consumo de tabaco, os cigarros eletrónicos, bem como o tabaco aquecido, para além dos cigarros tradicionais.

Posso fazer pausas para fumar no local de trabalho?

É proibido fumar no local de trabalho, mas é permitido fumar ao ar livre. Segundo o Código do Trabalho, a interrupção ocasional do período de trabalho diário pode ocorrer para satisfação de necessidades pessoais inadiáveis do trabalhador (por exemplo, para ir à casa de banho ou tomar uma refeição) ou mediante consentimento do empregador.

O Código do Trabalho é omisso quanto às pausas para fumar, mas, apesar de não se tratar, à partida, de necessidades pessoais inadiáveis, esta é uma prática corrente e genericamente aceite em Portugal. Há, até, empresas que o preveem nos respetivos regulamentos internos ou em qualquer outro instrumento de regulamentação coletiva.

Nos casos em que não haja qualquer regra específica quanto às pausas para fumar, deverá imperar o bom senso do trabalhador e da entidade empregadora, de modo a evitar eventuais abusos. De recordar, contudo, que a lei proíbe a discriminação dos fumadores no âmbito das relações laborais.

Fonte: Deco

 

BAIÃO | Vandalismo... Não!

323620636_1595318764308760_9155261920649122678_n.j

Na última noite, de 30 para 31 de dezembro, o jardim de São Bartolomeu, na vila de Baião, foi alvo de vandalismo, nomeadamente com a destruição de árvores que ornamentam aquele espaço de referência do nosso concelho.

322252246_721272669349924_122377120348985510_n.jpg

A situação já foi reportada às autoridades que tomaram conta da ocorrência e encetaram diligências no sentido de identificarem o autor ou autores do ato de vandalismo.
O Presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira lamenta e repudia esta “destruição do património concelhio, que é de todos nós, considerando incompreensível que alguém seja capaz de tais atos, que prejudicam todos os baionenses”.
Para o autarca, estas atitudes, além do prejuízo que implicam para o erário público, representam “uma enorme falta de respeito por todos os baionenses que, naturalmente, sentem orgulho nos espaços de convívio ao ar livre que têm à disposição e que querem ver cada vez mais asseados”, afirma.
Por sua vez, o Presidente da União de Freguesias de Campelo e Ovil, David Monteiro, considera “incompreensível” o ato de vandalismo e afirma que quem o cometeu, “deverá refletir sobre esta atitude de desrespeito pelo património público e pela comunidade”.
Fonte: Município de Baião

De Eduardo Roseira | Tono Penetra |

323118462_1719710348430244_8741652367040476073_n.j

CARTA DE DESAMOR (Tono Penetra)
Querida (amiga), escrevo-te estas sinceras linhas para que saibas de todo o meu sentir por ti!
Quero dizer-te que:
 
- Gosto dos teus loiros, sedosos e longos cabelos.
- Adoro os teus amendoados e brilhantes olhos.
- Gosto de teu olhar perdição.
- Adoro a tua acetinada pele.
- Gosto do teu corpo escultural.
- Adoro o calor do teu beijar.
- Gosto da tua forma de abraçar.
- Adoro tudo isto e muito mais.
… Enfim… dou por mim a adorar…
a adorar o tudo do nada que possuis…
PS – (Post Scriptum) – Espero que ao leres estas linhas que escrevi para ti, com todo o meu sentimento, que entendas que mentindo te disse que afinal…
Eu não gosto de ti!
Com desamor,
Tono Penetra

Pág. 5/5