Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

baiaocanal

baiaocanal

Região | Penafiel | Pulseira eletrónica por violência doméstica

267201358_4734206106634460_3548165705066764282_n.p

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Penafiel, no dia 14 de julho, deteve um homem de 65 anos por violência doméstica, no concelho de Penafiel.
No âmbito de uma investigação de violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito ameaçou, injuriou e agrediu fisicamente a vítima, sua companheira de 63 anos, nos últimos cinco anos.
O suspeito foi detido e presente a primeiro interrogatório judicial, no dia 15 de julho, no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de contactar com a vítima, afastamento da residência e da vítima, proibição de adquirir armas de fogo, não podendo aproximar-se da vítima num raio de 500 metros, controlado por pulseira eletrónica.
A violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva. Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica participe:
• No Portal Queixa Eletrónica, em queixaselectronicas.mai.gov.pt;
• Via telefónica, através do número de telefone: 112;
• No Posto da GNR mais próximo à sua área de residência, tendo os nossos contactos sempre à mão em www.gnr.pt/contactos.aspx;
• Na aplicação App MAI112 disponível e destinada exclusivamente aos cidadãos surdos, em http://www.112.pt/Paginas/Home.aspx;
• Na aplicação SMS Segurança, direcionada a pessoas surdas em www.gnr.pt/MVC_GNR/Home/SmsSeguranca.
 
Fonte: GNR