Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 18 - Outubro 2021

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 18 - Outubro 2021

Manuel Cardoso (Paradela) | Características Do Estilo Musical Barroco c/ vídeo

Manuel Cardoso

O período do barroco na música, contem um estilo que se distingue com o uso com o emprego do baixo contínuo, em que a música deve estar subordinada à expressão do texto, à expressão dos diversos sentimentos nele contidos.

É que nesta época a música era uma linguagem mais compreensível que hoje, tanto o discurso sonoro como o texto era exposto com mais precisão, seguia fórmulas familiares aos músicos (compositores e interpretes) e ouvintes.

Era uma linguagem exata e acertada, compreensível e compreendida. Hoje somente ouvimos esta música sob o ângulo estético, (belo) já não compreendemos a sua fala cheia de virtude particular.

O barroco irá desenvolver todo um sistema de correspondências musicais para as figuras literárias de retórica, um completo vocabulário musical fixo que poderá ser transmitido e ensinado. Daí a proliferação de teorias musicais sobre emoções.

Se formos até Bach, depararemos nele com variadíssimos sinais musicais de significado concreto ou de referência extra-musical suscetiveis de tradução exata, de tal modo os modelos sonoros de que servia, tinham uma finalidade bem definida.

O mesmo podia dizer do estilo de execução em que se deve fazer a leitura musical dessa linguagem, a começar pelo campo específico da ornamentação. A 1.ª obra dedicada ao assunto ao assunto foi o “Tratado de Ornamentos” do violinista e compositor Tartini em (1771).

O barroco foi também a época de desenvolvimento de instrumentos como o cravo e o órgão.

Acho que me fico por aqui para não enfadar mais, com a promessa de voltar ao mesmo tema.

 

 

 

Manuel Cardoso (Paradela)