Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

baiaocanal

baiaocanal

NOTA DE IMPRENSA | Deputados estiveram em Baião para conhecerem, no terreno, as prioridades do Executivo Municipal

Deputados estiveram em Baião para conhecerem, no

Uma comitiva de deputados do Partido Socialista, eleitos pelo círculo do Porto, deslocou-se a Baião no dia 20 de junho, com o intuito de perceber no terreno as principais prioridades da autarquia baionense. Esta visita enquadrou-se na iniciativa “I Jornadas Parlamentares do Distrito do Porto” que ocorreu nos municípios de Amarante, Baião e Marco de Canavezes.

O Presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, levou os deputados à EN 304-3, para que estes pudessem aferir as condições desta via que em breve seja alvo de requalificação.

De seguida, os parlamentares visitaram a Unidade de Saúde Familiar de Frende, encerrada em virtude da pandemia.

Paulo Pereira apelou aos deputados para que reforcem, junto da ARS-Norte, a importância da reabertura deste equipamento que serve a população daquela parte do concelho e que vai além da freguesia de Frende.

A visita serviu, ainda, para se discutirem assuntos como o processo de descentralização, a isenção de portagens na autoestrada A4, a necessidade de expansão das redes de água e saneamento, ou a importância das questões da mobilidade, nomeadamente do avanço da ligação à ponte da Ermida, da variante à EN 211 ou da eletrificação da linha do Douro até à Régua.

 

PROXIMIDADE COM AS POPULAÇÕES É FUNDAMENTAL

            A deputada Cristina Mendes da Silva, foi a porta-voz dos parlamentares e referiu que “este grupo de deputados tem consciência que esta região é muito extensa e diversificada e é, hoje, uma região prioritária, quer ao nível das acessibilidades, quer ao nível dos serviços públicos e a saúde é um dos serviços que é importantíssimo, sobretudo em territórios como Baião que têm uma área muito alargada e dispersa.

Estas populações têm tanto direito a terem serviços públicos de qualidade como quem vive nos grandes centros urbanos.

Iniciativas como esta são fundamentais para que conheçamos na primeira pessoa as verdadeiras dificuldades dos cidadãos e os desafios que se apresentam para as autarquias.

Ao estarmos no terreno, vimos e sentimos o que é o quotidiano das pessoas, o que nos permite depois em plenário e nas reuniões com os nossos governantes termos outros argumentos.

O contacto com os autarcas, nomeadamente o Presidente da Câmara e Presidentes de Junta é também essencial, porque são eles que conhecem as realidades na sua verdadeira dimensão”.

 

O Presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, mostrou-se satisfeito com a visita deste grupo de deputados a Baião, realçando que “é muito importante que venham ao território inteirarem-se da nossa realidade para que possamos contar com eles para nos ajudarem naquilo que são os nossos propósitos.

Trouxemos os deputados à Extensão de Saúde de Frende que está encerrada e que esperamos possa reabrir, logo que seja possível em função da evolução da COVID-19.

Tivemos também oportunidade de pisar a Estrada Nacional 304-3, para darmos a perceber aos deputados a importância da sua requalificação, com a perspetiva de que a obra possa ser lançada a concurso ainda este ano.

Falámos também de outros assuntos como a descentralização, que é desejável, mas que ainda tem questões que devem ser limadas, nomeadamente a questão do ’envelope’ financeiro.

Abordamos também a ligação à Ponte da Ermida, a eletrificação da Linha do Douro e as perspetivas do seu arranque, as questões das redes públicas de água e saneamento, ou, ainda, a questão da isenção de portagens na A4.

Muitos destes assuntos já eram do conhecimento dos deputados, mas uma coisa é conhecer no papel, outra bem diferente é vir ao território e interagirem na primeira pessoa com os autarcas e com a população.

Passei-lhes ainda um memorando com estes e outros assuntos que nos parecem relevantes e que sei merecerão toda a sua atenção"

Região | Rota do Românico promove Festival Ver do Bago

Contilheiras (1).jpg

O Parque da Torre de Vilar, em Lousada, acolhe no próximo domingo, 26, o Festival Ver do Bago, promovido pela Rota do Românico.

Um evento, de entrada livre, para despertar todos os sentidos, com uma vasta programação cultural, da música à dança, passando pelo teatro e pela poesia. Gastronomia, expositores, oficinas para os mais novos e uma ampla área verde de lazer completam a proposta para uma tarde de verão perfeita, entre as 14 e as 20 horas.

O grupo Contilheiras com o espetáculo Pimenta na Boca encabeça o cartaz de 13 convidados, que conta com diversos artistas oriundos do território da Rota do Românico: Academia de Dança Liliana Castro, Açanar e Abantar, Aromas do Verde, Conservatório de Dança do Vale do Sousa, Merenguita — Escola de Dança de Salão, Pedaços de Nós — Teatro de Freamunde, Propagode, PT Dance Academy, School Dance Lousada e Zé Faria. DJ Giorgio e Hugo Rangel completam o programa.

Este Festival assinala a reta final do projeto Ver do Bago, um Brinde entre Deus e os Homens, iniciado em maio de 2021, e que propôs um ciclo de três exposições em torno da relação material e simbólica entre a vinha e a paisagem cultural e humana dos vales do Sousa, Douro e Tâmega.

O ciclo iniciou-se com o Ver do Bago nos Mosteiros, em Ancede, Baião, e seguiu depois, em setembro, para o Ver do Bago nos Santos, na Igreja dos Capuchos, em Penafiel. O Centro de Interpretação do Românico, em Lousada, tem patente, até 26 de junho, a última exposição do ciclo, Ver do Bago no Sangue.

Para além das exposições, o projeto Ver do Bago incluiu ainda outras atividades culturais complementares, de carácter original, como a performance Di’Vine e o espetáculo musical itinerante Inventar-se de Gente.

O Festival Ver do Bago está enquadrado na operação O Vinho, a Arte e os Homens, cofinanciada pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

A Rota do Românico reúne, atualmente, 58 monumentos e dois centros de interpretação, distribuídos por 12 municípios dos vales do Sousa, Douro e Tâmega (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende).

As principais áreas de intervenção da Rota do Românico abrangem a investigação científica, a conservação do património, a dinamização cultural, a educação patrimonial e a promoção turística.

Nota de Imprensa | Política local | JSD Baião tem nova liderança

No passado sábado, 18 de junho, os militantes dessa estrutura reuniram-se para eleger os novos
órgãos para o biénio 2022/2024.

Mesa do Plenário e Comissão Política.jpeg


João Pedro Monteiro, sucede assim, a Rui Pedro Pinto, como presidente da Comissão Política da
JSD Baião.
Nestas eleições também foi eleita a Elsa Ferreira como presidente da Mesa do Plenário.
Para o novo presidente, e sua equipa, este projeto terá como principal “fazer da JSD uma
estrutura renovada, com compromisso, responsabilidade, empenhada e mobilizada pelas causas que atormentam os jovens e os Baionenses.” Esta nova equipa acredita que “o executivo socialista, que governa a Câmara Municipal de Baião há 17 anos, não tem uma estratégia de clara aposta nos jovens; uma estratégia que possa tornar Baião uma referência ou um plano que permita que Baião acompanhe os concelhos vizinhos no que ao desenvolvimento diz respeito.”
Estes jovens acreditam em Baião, acreditam que “a juventude é capaz de fazer mais e melhor
pelo concelho”. Para as novos órgãos “mais que aproximar os jovens da política, torna-se
importante aproximar e explicar a política aos jovens”.
Constituição dos novos órgãos da JSD Baião
Comissão Política Concelhia
Presidente: João Pedro Monteiro
Vice-presidentes: Eduardo Pereira e Margarida Carvalho
Secretária-geral: Francisca Valente
Vogais: João Carvalho; Inês Moreira e Maria Dinis Correia
Mesa do Plenário
Presidente: Elsa Ferreira
Vice-presidente: Liliana Oliveira
Secretário: Roberto Figueiredo
Suplente: Rúben Silva