Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

baiaocanal

baiaocanal

NOTA DE IMPRENSA | Categoria “Destino Revelação do Ano” Baião compete com mais 4 municípios nos Prémios AHRESP

280990429_7782971341720759_153699853691303856_n.jp

O concelho de Baião está nomeado para os prémios Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) na categoria "Destino Revelação do Ano".

Baião está a concorrer com outros 4 concelhos portugueses, que se destacaram na promoção patrimonial e turística em 2021.

Os Prémios da AHRESP distinguem anualmente os Melhores do Ano nos setores da Restauração, Alojamento e Promoção Turística, em Portugal.

Baião nomeado na 6.ª Edição dos Prémios AHRES

Baião vê assim reconhecida a sua estratégia de promoção, bem como a evolução sentida nos últimos anos ao nível da atração de visitantes e turistas, com impacto positivo na dinamização económica e social local.

O Presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, mostrou-se “satisfeito por este reconhecimento, que mostra mais uma vez que o trabalho de promoção de Baião pela positiva está a dar frutos. O Turismo é um setor que tem crescido exponencialmente no nosso concelho e tenho a certeza irá crescer ainda mais, pois temos potencialidades extraordinárias não só ao nível do património, da gastronomia e das paisagens, mas também no que concerne à oferta hoteleira.

É gratificante ter este reconhecimento e só o facto de estarmos nomeados já nos dá projeção e reconhecimento, mas era bom ganharmos, por isso, quem puder vote em Baião no site deste Prémio.”

 

Baião concorre com os municípios de Arouca, Coimbra, Évora e Ilha das Flores.

 

É possível a qualquer pessoa votar em Baião, até ao dia 30 de maio, no seguinte link:

https://www.premiosahresp.com.pt/#VotingForm

 

As categorias definidas para a Edição deste ano são: Conceito Inovador, Revelação Gastronómica, Produto do Ano, Serviço do Ano, Projeto de Solidariedade, Sustentabilidade Ambiental, Projeto Media, Novo Talento, Destino Revelação do Ano, Entidade Formadora, Estabelecimento com História e Evento do Ano.

 

A Cerimónia de Entrega de Prémios realiza-se no Pátio da Galé, em Lisboa, no dia 1 de julho.

Saúde | Já há 37 casos de infeção humana por vírus Monkeypox em Portugal

variola dos macacos

Foram confirmados mais 14 casos de infeção humana pelo vírus Monkeypox em Portugal, elevando para 37 o total de casos confirmados, informa hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS) em comunicado.

Há agora casos da doença nas regiões Norte, Lisboa e Vale do Tejo e Algarve.

"Os novos casos foram confirmados pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA). Entre as amostras disponíveis, foi identificada, através de sequenciação, a clade (subgrupo do vírus) da África Ocidental, que é a menos agressiva", lê-se no comunicado.

 

De acordo com a DGS, aguardam-se resultados relativamente a outras amostras.

"Os casos identificados mantêm-se em acompanhamento clínico, encontrando-se estáveis e em ambulatório. Estão em curso os inquéritos epidemiológicos dos casos suspeitos que vão sendo detetados, como objetivo de identificar cadeias de transmissão e potenciais novos casos e respetivos contactos", diz também o comunicado.

A última atualização, feita na passada sexta-feira, apontava para um total de 23 casos no país.

A DGS aconselha a que os indivíduos que apresentem lesões ulcerativas, erupção cutânea, gânglios palpáveis, eventualmente acompanhados de febre, arrepios, dores de cabeça, dores musculares e cansaço, procurem aconselhamento clínico.

 TOMÁSIA SOUSA