Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 19 - Novembro 2021

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 19 - Novembro 2021

AJA | Concerto tributo a José Mário Branco

aja _ José mário branco 2021 - convite (1).jpg

 

Venho, em nome da AJA, informar da realização de um Concerto, no Fórum Lisboa, distribuído por dois dias, de homenagem a José Mário Branco que terá lugar no dia 20 de Novembro, às 21.30h e dia 21 de Novembro, às 17.30h, no Fórum Lisboa. Este evento, para além de prestar tributo a uma figura incontornável da cultura portuguesa, que deixou músicas e canções icónicas no panorama musical portuguêsinsere-se nos concertos anuais que a AJA tem vindo a realizar por ocasião do seu aniversário.
 
A organização de dois concertos em vez de um, como é habitual, impôs - se como prevenção devido à  pandemia, por isso terem o mesmo elenco.  A  escolha do repertório teve  como critério  abranger todas as fases criativas do Zé Mário, desde a sua produção individual, fundação do GAC,  passagem pelo teatro, cinema, até à incursão no  fado, rap, etc. Assim, participam : CRAMOL, Pedro Branco, El Sur, Marco Oliveira, Jakilson Pereira e Flávio Almada.
 
Como sabe José Mário Branco foi fundador da AJA, companheiro de José Afonso e participou em alguns discos  do "mestre", como ele gostava de nomear o Zeca, tal  como colaborou com grandes nomes da sua geração. Contudo, a sua inquietude e talento não o deixaram anquilosar e soube fazer, como ninguém, a ponte com outros géneros  de música, fora da sua margem de conforto, colaborando  com músicos que abraçavam diferentes estilos, como o fado bem como novas sonoridades, como o Hip Hop. 
 
De salientar, ainda, que no dia 21, pelas 15.00 será realizado o lançamento da obra  José Afonso-todas as canções (partituras. letras e cifras),  da autoria de José Mário Branco, Guilhermino Monteiro, João Lóio e Octávio Fonseca, obra fundamental para quem queira estudar a música do Zeca. A apresentação desta segunda edição, com a chancela da AJA, terá um  preço de € 15,00 e  será da responsabilidade de Octávio Fonseca, Pedro Branco e Paulo Esperança.
 
Paralelamente, no átrio do Fórum, decorrerá uma Exposição de fotografias de Tiago Vital, memória  dos últimos dias de José Mário, em trabalho de estúdio com Marco Oliveira, intitulada "Quantos é que nós somos?" 

 

AJA