Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 10 - Junho 2021

BAIÃO CANAL | Jornal N.º 10 - Junho 2021

2021: Nasceu o Baião Canal | Jornal


Baiao Canal Fundadores.jpg
Começamos por dar vida a este projeto, dedicando-o aos filhos dos homens que nunca foram meninos e referindo cinco frases:

Temos é que ser gente, pá!  O que é preciso é criar desassossego (Zeca Afonso)

Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido (Fernando Pessoa)

Uma palavra escrita é semelhante a uma pérola (Johann Goethe)

A arte é um resumo da Natureza feito pela imaginação (Fradique Mendes),

A história é escrita pelos vencedores (George Orwell).

O Baião Canal | Jornal, acaba de nascer e visa ser um jornal local e regional de referência, cuja primeira edição é lançada a 15 de janeiro de 2021, em formato eletrónico.

Nasceu de uma amizade espontânea e improvável que, como diria o Eça, foi sendo consolidada entre a Cidade e as Serras, designadamente pelo pulso social e cultural de Carlos Magalhães, um citadino que se desloca de Paranhos – Porto para viver em Baião e pela resiliência e vontade solidária e democratizadora de José Pereira, também conhecido por “Zé de Baião”, que, tal como muitos baionenses,  se defrontou com a necessidade de sair de Baião em busca do ensino superior e de trabalho, acabando por se fixar na mesma freguesia de Paranhos – Porto, continuando estes dois amigos a trilhar caminhos entre a Cidade e as Serras.

Contrariando a tese do narrador Zé Fernandes, que Eça retrata na sua obra, A Cidade e as Serras, pretendemos demonstrar aos leitores uma nova tese, segundo a qual a vida urbana e a vida da periferia e do interior do país, têm as suas especificidades, as suas gentes, a sua cultura, as suas tradições e os seus valores, entre outras qualidades e problemáticas, mas não sendo nenhuma superior, nem inferior, a outra.

Quer a Cidade, quer as Serras, têm todas os seus encantos e recantos, que estes dois amigos pretendem conjugar e partilhar com os leitores.

Carlos Magalhães e José Pereira têm dado corpo a diversas iniciativas sociais, culturais, sociais , solidárias e sociopolíticas, apresentando agora aos leitores mais este projeto,  que assenta nas seguintes bases editoriais:

O Baião Canal | Jornal é um jornal diário online, independente e livre.

O Baião Canal | Jornal procura a verdade e subordina-se aos factos. Nunca nos deixaremos condicionar por interesses partidários e económicos ou por qualquer lógica de grupo. Somos responsáveis apenas perante os nossos leitores.

O Baião Canal | Jornal  não perfilha qualquer programa político mas tem um olhar atento e solidário sobre o país e sobre o mundo.

O Baião Canal | Jornal orienta-se pelo princípio da dignidade da pessoa humana e pelos valores da democracia, da liberdade e do pluralismo.

O Baião Canal | Jornal vê com ceticismo as utopias dirigistas e prefere as mudanças graduais, suscetíveis de teste e de correção.

O Baião Canal | Jornal coloca a liberdade no centro das suas preocupações e defende uma sociedade aberta, com instituições respeitadoras da lei e dos direitos individuais. Acreditamos que o desenvolvimento harmonioso tem de ser inclusivo e não deixar ninguém para trás.

O Baião Canal | Jornal  quer contribuir para uma opinião pública informada e interveniente. Valoriza a controvérsia e a discussão franca e descomplexada.

O Baião Canal | Jornal dirige-se a um público de todos os meios sociais e culturais e de todas as atividades e profissões.

O Baião Canal | Jornal procurará fórmulas atrativas e pertinentes de apresentação da informação, mas dispensando o sensacionalismo.

O Baião Canal | Jornal estará na linha da frente do processo de mudanças tecnológicas e relacionais, sempre atento à inovação e promovendo a interação com os seus leitores.

Baião e Porto, 15 de janeiro de 2021

Os fundadores

 

Periodicidade: Online - A qualquer instante

Formato: Jornal eletrónico e esporadicamente em formato papel

Sede: Baião

Fundação: Janeiro de 2021

Fundadores: Carlos Magalhães, Isabel Aires e José Pereira

Sítio oficial: www.baiaocanal.pt

 

Já dizia o Eça que "a desconfiança terrível de si mesmo, que o acobarda, o encolhe, até que um dia se decide, e aparece um herói, que tudo arrasa(...) Assim todo completo, com o bem, com o mal, sabem vocês quem ele me lembra?" – Baião, Porto e Portugal.

Eça_frases.jpg